skip to Main Content
Moradores de rua e seus cães

Moradores de rua e seus cães

Moradores de rua, que são, muitas vezes invisíveis para a sociedade, enxergam em seus animais de estimação o companheirismo, amor e lealdade que não encontram em outras pessoas. Além disso, cuidam de seus tutores dos perigos das ruas.

A proteção mutua é uma das funções da relação dos moradores de rua que vivem com seus animais. Além de protegerem seus donos dos perigos que a rua oferece, os cães são seus companheiros inseparáveis.  Maioria dos casos, os animais são considerados como o único ser vivo no qual essas pessoas podem confiar. Em troca do carinho e amor que recebem, seus animais são leais aos seus donos de uma maneira que não tem limites.

Em relação a comida, a relação homem-animal nas ruas fica mais evidente. É muito normal quando um morador de rua ganha um pão e, sem pensar duas vezes, divide com seus animais mesmo com fome. Em entrevista com alguns desses moradores que tem seus companheiros peludos a busca diária por comida é uma ação conjunta e seus animais ajudam muito, eles avisam, latindo e cheirando, o local que tem comida.

Geralmente, os cães desses moradores são relativamente bem-cuidados. Seus donos, muitas vezes, escolhem ficar sem comer para conseguir alimentar seus companheiros de quatro patas.
Muitos desses moradores se recusam a ir para abrigos pois esses locais não aceitam seus animais de estimação e eles não os abandonam por nada.

O fotógrafo Edu Leporo, em 2015, criou o projeto “Moradores de Rua e Seus Cães” que traz como proposta revelar que, independente da condição social, somos todos iguais. Mostrando que a ligação entre esses moradores de rua e seus animais, são cheias de amor, cumplicidade e lealdade. Nos dias de hoje, esse projeto ainda segue por meio de ações voluntárias.

Quer saber mais? Acesse: http://moradoresderuaeseuscaes.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top