Chihuahua, o menor cão do mundo

Chihuahua é considerado um dos menores cães do mundo, mas engana quem acha que por seu tamanho ele é medroso. Ao contrário disso, essa raça tende a ser destemido e cheio de coragem. Teve sua origem no México no século XIX tendo como ancestral um cão selvagem pequeno chamado Techichi e criado como cão de companhia, seu nome é uma homenagem ao estado em que surgiram os seus primeiros exemplares.

Os menores cães do mundo oficialmente reconhecidos pelo Livro dos Recordes eram, em maioria, chihuahuas. Cães desta raça sempre foram populares, mas ganharam ainda mais espaço depois de terem participado de filmes como “Legalmente Loira”, “Perdido pra Cachorro” e “Chihuahua, o Filme”.

Esse cão de pequeno porte possui corpo compacto e crânio arredondado em formato de maçã. O tamanho médio é de 15 a 22 cm, com peso de até 3kg. Alguns padrões da raça podem pesar menos que 1 Kg e são chamados Chihuahua mini ou Chihuahua micro.

Possui o focinho curto e mais afinado na ponta, olhos são grandes e redondos, com orelhas grandes e separadas de pontas arredondadas.

O chihuahua de pelo curto é o mais comum, mas existe também a variação de pelo longo (com pelagem levemente ondulada). As cores mais comuns são o fulvo, o dourado e o branco com dourado.

Embora seja uma raça com alta expectativa de vida, o chihuahua pode ter alguns problemas cardíacos, além de problemas oculares (como glaucoma), luxação de patela e hidrocefalia, portanto, pesquise muito sobre o canil de onde pretende comprar um pet.

Eles são muito sensíveis ao frio, necessitando de cuidado redobrado no inverno.

Quando muito nervosos, estressados ou ansiosos, podem tremer e passar mal, evite deixar seu pet em situações desconfortáveis para ele. Além disso podem ter problemas com as lágrimas, que mancham seu pelo, limpezas frequentes com produtos para pets podem amenizar o problema e reduzir incômodos. Seus dentes podem acumular bastante placa bacteriana (tártaro), resultando em mau hálito e problemas mais graves. Escove os dentes do cãozinho ou realize limpezas periódicas com seu médico veterinário de confiança.

O chihuahua costuma se dar bem com pessoas e outros animais, mas é preciso cuidado nas brincadeiras, pois devido ao seu tamanho reduzido, pode se machucar com facilidade. Bem apegado aos seus humanos, ele pode em alguns casos se mostrar muito protetor e um tanto quanto reservado com estranhos.

Visitas frequentes ao veterinário são essenciais para a saúde de um animal de estimação. Ao lado de um profissional de confiança, será muito mais fácil manter a qualidade de vida e vitalidade do seu pet.

Chiuhuahua na Wikipedia

Leia também: Golden Retriever

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.